A Braça da Rede, uma Técnica Caiçara de Medir

Gilberto Chieus Jr

Resumen


Resumo

Este artigo relata como os caiçaras da cidade de Ubatuba litoral norte paulista medem suas redes de pesca. Mas antes de estar analisando sua técnica de medir estaremos fazendo uma pequena abordagem da cultura caiçara e suas transformações. Em seguida mostraremos alguns momentos históricos da construção do metro. Depois como os caiçaras medem suas redes e o problema ocorrido no Brasil na implantação do sistema métrico decimal e a resistência de determinadas civilizações que se utiliza de outros padrões para realizar suas medidas, ignorando o atual sistema métrico, devidos o seu contexto cultural. Toda esta discussão está enfocada numa perspectiva histórica da Etnomatemática.

Abstract

This article describes how the "caiçaras" from the  city of Ubatuba, in the northern coast of São Paulomeasure their fishing nets. But before examining their measuring technique, we will be doing an approach of the "Caiçara" culture and its transformations. Then, we will be showing  some historical moments ofthe construction of the "metro". Afterwards, how the "caiçaras" measure their networks and the problemoccurred in Brazil in the implementation of the decimal metric system and resistance of certain civilizations that use other standards to achieve its measures, ignoring the current metric system, due to its cultural context. This whole discussion is focused on a historical perspective of Ethnomathematics.


Palabras clave


Medidas; Historia da Matemática; Etnomatemática; Caiçara; Action; History of Mathematics; Ethnomathematics; Caiçara

Referencias


Alder, K. (2003). A medida de todas as coisas: A odisséia de sete anos e o erro encoberto que transformaram o mundo. Rio de Janeiro- RJ, Objetiva.

D’Ambrosio, U. (2002). Etnomatemática – elo entre as tradições e a modernidade (2a ed.). Belo Horizonte – MG, Editora Autêntica.

Diegues, A. C., Arruda, R. S. (org) (2001). Saberes tradicionais e biodiversidade no Brasil. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, São Paulo: USP.

Diegues, A. C. (1988). Diversidade biológica e culturais tradicionais litorâneas: o caso das comunidades caiçaras . São Paulo – SP, Editora Nupaub – USP.

Diegues, A. C. (1994). O mito moderna da natureza intocada . São Paulo –SP, Editora Nupaub –USP.

Diegues, A. C. (1983). Pescadores, camponeses e trabalhadores do mar. São Paulo - SP, Editora Ática.

Magalhães Jr, R. (1957). O império em Chinelos. Rio de Janeiro –RJ, Editora Civilização Brasileira S/A.

Mussolini, G. (1980). Ensaios de antropologia indígena e caiçara. Rio de Janeiro –RJ, Editora Paz e Terra.

Siqueira, P. (1984). Genocídio dos Caiçaras (1ª ed.). São Paulo – SP, Editora Massao Ohio – Ismael Guarnelli.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c)



Revista Latinoamericana de Etnomatemática: perspectivas socioculturales de la Educación Matemática
e-ISSN: 2011-5474
Departamento de Matemáticas y Estadística- Universidad de Nariño
San Juan de Pasto- Colombia
E-mail: revista@etnomatematica.org
Sitio web: http://www.revista.etnomatematica.org
Tele-fax: (57)2+7310327

Licencia Creative Commons
Revista Latinoamericana de Etnomatemática por Universidad de Nariño y Red Latinoamericana de Etnomatemática se distribuye bajo una Licencia Creative Commons Atribución 4.0 Internacional.